Search
  • Criativos

As aventuras de um fotojornalista, com Jorge Araújo

A Economia Criativa já existe muito antes da classificação oficial. Com a globalização, por exemplo, tornou-se cada vez mais necessário adaptar algumas práticas da profissão, principalmente com o intuito de manter o foco do público em um mundo sempre repleto de novidades. Neste cenário, profissionais de comunicação, como jornalistas, publicitários e relações públicas, são os principais afetados e, por isso, precisam estar sempre antenados nas novas formas de transmitir informações.


Jorge Araújo começou a fotografar em meados dos anos 60, passando por veículos que marcaram a história da imprensa brasileira, como o Última Hora e a Folha de S. Paulo. Durante esse tempo, recebeu os mais importantes prêmios direcionados a profissionais da imprensa brasileira e presenciou muitas mudanças no jornalismo nacional e internacional, os quais estão sempre adaptando o processo de busca por uma boa história.


No vídeo, você vai descobrir como funciona o cotidiano de uma profissão agitada, impactante, DIFÍCIL, mas, acima de tudo, gratificante, pois permite viver grandes experiências. Jorge Araújo cita algumas de suas coberturas mais marcantes, fotografias que ficaram para a história de nosso país, momentos importantes da política brasileira, além de, claro, projetos e empreendimentos futuros, tendo sempre a criatividade como base. Vale a pena assistir a esse bate-papo incrível!

Última Hora

Jornal carioca, fundado pelo jornalista Samuel Wainer no começo da década de 50. Contou com uma edição em São Paulo e uma edição nacional, complementada localmente em Porto Alegre, Belo Horizonte, Recife, Niterói, Curitiba, Campinas, Santos, Bauru e ABC Paulista. Em 1965, a empresa Folha da Manhã SA comprou o jornal, que mudou o foco e foi publicado até 1979.


Prêmio Pulitzer

É um prêmio estadunidense, direcionado a profissionais que realizam trabalhos de excelência nas áreas jornalística, literária e de composição musical. É conduzido pela Universidade de Columbia, em Nova York, a maior escola de jornalismo do mundo.


Prêmio Esso

Conhecido até 2014 como Prêmio Esso de Jornalismo ou simplesmente Prêmio Esso, o Prêmio ExxonMobil de Jornalismo é a mais importante gratificação oferecida a profissionais da imprensa brasileira. Ele destaca as melhores reportagens e é considerado o Pulitzer do jornalismo nacional.


Vladimir Herzog

Jornalista, professor e dramaturgo brasileiro. Foi assassinado em 25 de outubro de 1975, durante o regime militar brasileiro, tornando-se um importante símbolo para a luta pela redemocratização no país. Herzog é dono de uma frase muito bonita e importante, sempre atual e que merece ser compartilhada: "Quando perdemos a capacidade de nos indignar com as atrocidades praticadas contra outros, perdemos também o direito de nos considerar seres humanos civilizados”.


Jean Luc Godard

Cineasta, roteirista e crítico de cinema francês. Revolucionou a produção da sétima arte no final da década de 50 e nos anos 60. Na companhia de seus contemporâneos, criticou a "Tradição de Qualidade" do cinema francês, que, muitas vezes, se recusava a abrir espaço à inovação e aos novos profissionais, privilegiando sempre diretores já estabelecidos.


Lance!

Jornal esportivo brasileiro publicado pela Areté Editorial. Sediado na cidade do Rio de Janeiro, conta com versões regionais para outros estados, que, por sua vez, proporcionam alcance nacional. Além da versão impressa, o Lance! também está presente no mundo digital, publicando conteúdos multimídia no portal.


Fundação Roberto Marinho

Entidade brasileira privada sem fins lucrativos, que promove atividades na área da educação, patrimônio e meio ambiente em todo o território brasileiro.


Ricardo Kotscho

Jornalista integrante do grupo Jornalistas pela Democracia. Recebeu quatro vezes o Prêmio Esso de Jornalismo e é autor de vários livros, como Cartas do Brasil (1992), A Prática da Reportagem (2007) e, claro, Serra Pelada: uma Ferida Aberta na Selva (1984), com fotos produzidas por nosso entrevistado, Jorge Araujo.


Fotos Públicas

Banco gratuito de fotojornalismo, com fotos disponibilizadas sob os termos de Licenças Creative Commons 3.0. Se quiser saber mais sobre essa iniciativa superinteressante, assista aqui à entrevista com Fernanda Carvalho, filha de Jorge Araújo, que participou da terceira temporada da websérie Profissões da Economia Criativa. No vídeo, ela explica direitinho esse e outros empreendimentos, todos criativos e inovadores!


Conseguiu entender direitinho todas as referências do vídeo? Caso tenha ficado alguma dúvida, é só deixar nos comentários, que a gente explica! ;)


Siga Jorge Araujo no Instagram: @jorgearaujooficial

Conheça o Fotos Públicas: https://fotospublicas.com

0 views
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now